652521248721415 652521248721415
5 lições da Olimpíadas de Tóquio para a sua empresa

Fábrica RH

ago 9, 2021

09/08/2021

Lições da Olimpíadas de Tóquio para a sua empresa

O mundos dos esportes guarda tantas lições valiosas para o mundo corporativo!

Foi por isso que acompanhamos as Olimpíadas 2021 de pertinho, trazendo paralelos entre o mundo dos esportes e o mundo do desenvolvimento de pessoas. 😍

Aliás, se você não acompanhou nossos posts ao longo dos jogos, não deixe de seguir a gente nas redes sociais:

E a partir de agora, vamos compartilhar com você as 5 lições aprendidas nas Olimpíadas e que são mais valiosas que medalha de ouro. Veja:

1. Saúde mental

Primeiramente, vamos falar sobre ginástica. Simone Biles já escreveu seu nome na história da ginástica artística, uma vez que ganhou o ouro em todas as Olimpíadas que participou, desde 2013.

Sequer era cogitado que esse ano fosse diferente, mas o excesso de pressão e expectativas fizeram com que a ginasta obtivesse resultados menores em Tóquio, ainda que se mantivesse na frente de todas as adversárias.

Depois de passar por avaliação médica, Simone decidiu se afastar para preservar seu bem-estar e saúde mental. Reconhecer os próprios limites é muito importante para se manter enfrentando os desafios. Mais do que isso, é uma questão de saúde!

Sendo assim, a primeira lição dos esportes para o mundo corporativo é que a saúde mental não deve ser negligenciada em nenhum momento da vida.

Por isso, a Treinamundi, loja de jogos prontos da FábricaRH, fez uma live falando mais sobre esse assunto. Veja:

2. Criatividade e Inovação

Em seguida, é hora de falar sobre criatividade e inovação. A abertura dos jogos foi linda, com várias referências à cultura do Japão e à história das olimpíadas. Uma das apresentações que mais chamou atenção foi feita com vários drones que formaram um desenho no céu de Tóquio.

Mas fora essa inovação, muitas outras marcaram essas Olimpíadas, como as Medalhas que foram fabricadas com metais reaproveitados de lixo eletrônico.

Para uma média de 5.000 medalhas, foram desmontados mais de 6 milhões de telefones celulares usados e aproximadamente 78 toneladas de computadores, tablets, monitores e outros aparelhos antigos e/ou quebrados.

Outro exemplo de criatividade foi visto nos bastidores: robôs foram usados para guiar visitantes e atletas. Fora isso, também interagiram ao longo dos jogos como mascotes, aliando segurança em tempos de pandemia, tecnologia e inovação.

3. Trabalho em equipe

Trabalhar em equipe é mais do que somar talentos individuais. É saber qual é o papel de cada pessoa no time.

Vimos isso nos jogos de vôlei, tanto feminino quanto masculino. Com bolas em velocidades fenomenais, o time tem que ter uma sintonia muito boa para se reorganizar a cada jogada.

Mais do que saber o papel técnico de cada um, o time também deve se preparar emocionalmente. E isso ficou claro ao longo dos jogos: como cada pessoa comemora um ponto? Qual a postura do time quando está perdendo? Como o time lida com pressão? Como lida com imprevistos?

Saber trabalhar em equipe não é uma necessidade exclusiva dos esportes, mas também é essencial nas empresas. Vale a reflexão: como seu time está jogando?

Recomendamos dois jogos para isso:

4. Mindset

São tantas histórias inspiradoras, né?

Dentre elas está a da holandesa Sifan Hassan, que corria uma das eliminatórias dos 1500m feminino quando tropeçou e caiu. Ela poderia ter desistido, mas o desfecho foi outro: ela se levantou e ultrapassou as concorrentes, ficando na primeira posição. Isso que é Mindset de desenvolvimento, hein?

Na natação, outra grande história de mindset de desenvolvimento é a do Bruno Fratus, que ficou em 4º lugar em Londres, em 2012, e 6º lugar no Rio, em 2016.Ele veio para Toquio para buscar sua medalha, mesmo depois de ter passado por muitos desafios e até questões de saúde mental, como depressão.

 

5. Diversidade

E para fechar com chave de ouro, as Olimpíadas de Tóquio foram palco para a diversidade. A participação de atletas mulheres e LGBTI+ nunca foi tão alta nas Olimpíadas. Que boa notícia =)

Entre os atletas, as mulheres representam 48,8% dos participantes. É a maior participação feminina da história. Para se ter uma ideia, em 1980, elas representavam apenas 21,5% do total.

A edição atual dos Jogos Olímpicos também é a primeira na qual competem atletas transgêneros e é, sem dúvida, a edição que soma o mais número de atletas que se declaram publicamente LGBTI+.

E na sua empresa? A diversidade é um tema discutido e abraçado entre os colaboradores?

Difícil selecionar apenas 5 lições, afinal, cada esporte e cada atleta nos ensinou algo diferente.

Com a maratona aquática vimos que preparação traz confiança, e que confiança traz medalha. Já a dupla de tênis do Brasil nos provou que nem sempre o favoritismo é regra. Com a canoagem, pudemos ver a persistência e foco na tela da televisão. O skate deu um show de criatividade, leveza e competição saudável. O boxe mostrou que a luta começa muito antes das Olimpíadas, mas que os desafios também podem fortalecer cada atleta.

Saiba mais sobre a FábricaRH

Curtiu as lições das Olimpíadas? Esperamos que sim!

Aqui na FábricaRH, nós acreditamos muito no poder dos jogos e gamificação.

Então se você tem uma demanda na sua empresa, mas não sabe como transformar em um jogo que diverte e engaja, conte com a gente!

ENVIE UMA MENSAGEM PARA NÓS

Você também pode querer ler

Teambuilding online: use jogos para reunir o time

Teambuilding online: use jogos para reunir o time

Em tempos de home office e distanciamento social, como garantir que sua equipe está cooperando? Se você tem esse desafio na sua empresa, esse texto é para você. Nele, vamos te apresentar algumas formas de integrar sua equipe com atividades de teambuilding online. Boa...

Onboarding de novos funcionários: Case Tenda Construtora

Onboarding de novos funcionários: Case Tenda Construtora

O Onboarding de novos funcionários é aquele momento importante de acolher quem está chegando e apresentar o negócio. E temos tanto para falar, não é? Mas é importante construir a agenda de Onboarding de forma estratégica, considerando: A duração da integração; Os...